sexta-feira, 1 de julho de 2011

No meu tempo

Este post da Sofia fez-me pensar sobre muita coisa que aconteceu no Ensino Básico. Foram uns bons 5 anos da minha vida. Sei que isto vai soar completamente clichê mas parece que ainda foi ontem que estava ali à frente a ter um ataque de nervos por entrar para o 5ºano.

Foi nesse ano que conheci uma das minhas melhores amigas, que começou por me detestar e achar-me arrogante. Depois lá se rendeu ao meu charme e ficamos inseparáveis (adoro-te). Foi lá que fiz e consolidei amizades para a vida.

Tenho saudades dos momentos bons, dos menos bons e dos caricatos...
Daquele abraço!
Do nosso cantinho secreto. Era para onde íamos quando queríamos ter uma conversa séria ou sonhar com a vida.
Do galinheiro, onde morava o Tito\Tita. Ganso que para mim terá sempre sexo indeterminado.

Da C. querer fazer queixa no conselho executivo por eu ter apanhado uma anilha do chão que ela viu primeiro (andavamos a precisar recolher para EVT).
De me recusar peremptoriamente a filmar para a RTP2 os beijos da S. com o namorado. E elas escondidas atrás dos arbustos a espreitar.

Da M. fazer queixa de mim e da C. à directora de turma em frente da turma toda por termos insinuado que tinha uma relação libidinosa com um elefante (ela é que disse que se casava com um, a culpa não foi toda nossa); e de fazer queixa que a M.J. lhe tinha roubado os "marcadores especiais".

De quando eu deixei a minha faceta introvertida de lado e preguei um estalo ao B. por andar a gozar comigo. E de como ele foi a chorar ter com o irmão a pedir protecção...
De como a C. me pregou um estalo do nada passado uns dias de lhe ter dito que ela era tão boa pessoa que não tinha coragem de bater em ninguém. Falei antes do tempo.

Das secas constantes da M. que até deram para fazer um livro.
Da Dona C. a lavar os resíduos sólidos do chão da entrada perto da portaria depois do B. ter confundido aquilo com uma casa de banho (momento mais nojento da minha vida porque tive que ir embora no mesmo autocarro que ele).

Da casa das gomas, a minha perdição de sexta-feira.
Da competição para ver quem tinha mais assinaturas do salão de estudo. Não ganhei. Mas houve quem se tivesse aplicado tanto que teve que pedir mais folhas ao director de turma...

Da C.A. entrar em pânico depois de um momento caricato (que me recuso a dizer o que se passou dado que o teor pode chocar pessoas mais sensíveis) por ter medo que a mãe lhe fosse cheirar as calças...

E por último a nossa viagem de finalistas, uns 3 ou 4 dias completamente doidos em que nem parecíamos nós. Sempre tão atinadas ouvimos sermão das professoras todas as noites.
O episódio dessa altura que me vai ficar sempre na memória: à noite no hotel. A M. e a S. a dormirem na cama da sala. Eu e a C. no quarto.

Pegamos em papel higiénico, ensopamos em creme e metemos na cara da M. Corremos para o quarto. Silêncio. Abrimos a porta e tava tudo espalhado pelo chão e elas a dormir.

Tentamos uma outra abordagem com pasta dos dentes e fechamo-nos de novo. Silêncio. Abrimos a porta devagar e demos de cara com uma M. possuída, coberta de pasta dos dentes. Com as mãos no alto todas sujas a tentar tocar-nos. A C. correu pelo quarto aos gritos como se fosse o fim do mundo em cuecas.

Acordamos o andar, as professoras que estavam a dormir no fundo do corredor tentavam entrar no nosso quarto sem conseguir porque a porta estava trancada. Lá abrimos e ouvimos o raspanete da nossa vida. Tivemos que entregar a chave do quarto. (Lembram-se de uma personagem chamada S. estar a dormir com a M. na sala certo?).

No dia seguinte, ao pequeno-almoço, a professora vem ter connosco e vira-se para a S. :
-Estou muito desiludida. Não esperava aquilo de vocês, sempre tão bem comportadas.
S. completamente baralhada sem perceber nada.
-O quê? Que se passou??
Lá a pusemos ao corrente da situação e a professora chegou à conclusão que a S. afinal era o monte de roupa em cima da cama... Se há alguém que pode dizer que tem sono pesado esse alguém é ela!


E há tantas outras coisas que podem já ter acontecido há muitos anos mas que vão ter sempre um lugar especial na memória e no coração.
É bom recordar.

21 comentários:

Barbie Maria disse...

É tão bom recordas os tempos de escola =D também tenho tantas saudades e momentos tão bons =D

Farruskinha disse...

Tão bom recordar bons momentos da nossa vida, que marcam para a vida toda =)

Silvermist disse...

Barbie Maria, Farruskinha: Sem dúvida que sim. Nunca se esquece. :)

Sofia disse...

Txi, que saudades desses momentos! Podemos dizer que já somos muito felizes no básico!ahah

Sexy na Cidade disse...

ainda hoje escrevi sobre algo do meu ensino basico =)

Maria

Silvermist disse...

Pois fomos Sofia :D Éramos mesmo tolinhas!

Silvermist disse...

Vou lá cuscar Maria ;)

Farruskinha disse...

Miminho para ti lá no blogue!! :)

Silvermist disse...

Muito obrigada Farruskinha! :)

► JOTA ENE ◄ disse...

ººº
Tenho sdd's do tempo de escola ...!

Silvermist disse...

JOTA ENE: eu também. Mas este tempo agora também é bom. :)

Ana FVP disse...

Bons velhos tempos...

Silvermist disse...

Ana FVP, bons mesmo... :)

V' Gonçalves disse...

Acho que todos ficamos com saudades do ciclo é uma das alturas que mais nos marca (na minha opinião).

Silvermist disse...

V'Gonçalves, concordo. É uma altura tão abrangente. Crescemos imenso, entramos crianças para lá e saímos com muito mais maturidade e a ter que tomar decisões que vão afectar o resto da nossa vida.

Mariana disse...

Adorei ler este post não tens noção*.* fez-me recordar tanta coisa do ensinio básico! Fui tão feliz!:) e fiz amizades para o resto da vida:D foram anos maravilhosos com as melhores pessoas ao meu lado!:)

Mariana disse...

Adorei ler este post não tens noção*.* fez-me recordar tanta coisa do ensinio básico! Fui tão feliz!:) e fiz amizades para o resto da vida:D foram anos maravilhosos com as melhores pessoas ao meu lado!:)

Mariana disse...

Adorei ler este post não tens noção*.* fez-me recordar tanta coisa do ensinio básico! Fui tão feliz!:) e fiz amizades para o resto da vida:D foram anos maravilhosos com as melhores pessoas ao meu lado!:)

Mariana disse...

Adorei ler este post não tens noção*.* fez-me recordar tanta coisa do ensinio básico! Fui tão feliz!:) e fiz amizades para o resto da vida:D foram anos maravilhosos com as melhores pessoas ao meu lado!:)

MAG disse...

Da primária gostei muito, mas do 5.º ano... O meu foi um terror :S Bjs

Silvermist disse...

Mariana, foram bons anos :D

MAG, o meu foi normal. Só um pouquinho stressante por ainda não estar habituada ;)