quarta-feira, 29 de junho de 2011

Sobre as demonstrações de carinho...

... em público.

Aqui a menina não tem nada contra as pessoas expressarem o seu amor. É bonito ver casais apaixonados, de todas as idades, de mãos dadas. Ou até mesmo a beijarem-se porque não.


Agora vamos fazer um pequeno exercício mental. Substituam estes dois da foto ali de cima por um casal com uns 40 anos. Vocês estão sentados naqueles bancos de 4 do metro. Ao vosso lado está uma rapariga a dormir contra a janela. Em frente estão eles os dois.

A mulher tem o casaco pousado sobre as pernas, só deixando metade das coxas até aos joelhos à vista. Estão cada vez mais próximos, trocam sorrisos e olhares lascivos. Nisto a mão dele desaparece por baixo do casaco. E tendo em conta que nunca mais lhe vi a mão ela deve-se ter perdido para regiões mais a norte dos joelhos. Depois começaram uma conversa em sussurros sobre o estado do senhor. Não deu para perceber grande coisa felizmente. E se eu dispensava isto? Sim dispensava. Há que ter noção dos limites. Ali definitivamente não era o local.

Se eu já fico chocada com isto o que dizer do que aconteceu a uma amiga minha. Ela e uma colega sozinhas no metro quase vazio, manhã cedo. Senhor de meia idade no banco do lado. Passam num túnel e pelo reflexo reparam que ele está muito entretido consigo mesmo. -.-

Eu acho que é do metro, faz as hormonas entrarem em ebulição. Só pode.

11 comentários:

. Sofia . disse...

Ai que nojo! :O

Barbie Maria disse...

Que horror as pessoas não têm mesmo noção da boa educação enfim...

D disse...

Que cena horrorosa xD também não tenho nada contra demonstrações de amor em público. Mas há que ter a noção do ridículo.

Silvermist disse...

Sofia, Barbie Maria, D: Podem crer. Vai uma pessoa sossegada para casa e depara-se com isto. É do Verão, é do verão...

Palco do tempo disse...

será caso para dizer "cuidados com os efeitos secundários do metro" :)

Sleepyhead disse...

Por acaso no metro nunca assisti a nada, mas no autocarro que eu apanhava antes começar a andar de metro, assisti a muita coisa infelizmente...
Cheguei a ver um senhor de meia idade entretido com ele próprio e um senhor com cerca de 70 anos a roçar-se em várias mulheres, quanto mais novas mais ele gostava...

*Sininho* disse...

É do metro! É horrível! Já vi cada taradice por lá... nojento!

Mariana disse...

bahh que nojo-.-'

Ana disse...

Que nojo! Não ando de metro por isso não posso confirmar essa das hormonas mas posso dizer que nunca me sinto confortável com demonstrações de afecto em publico, muito menos isso que não é afecto nem é nada.

Rosie disse...

LOl ahahah Deve ser do calor, fica tudo louco! Que linda cena

Silvermist disse...

Palco do tempo: sem dúvida!

Sleepyhead: Vê-se tanta coisa nos transportes públicos. As pessoas parece que não se sabem comportar :\

*Sininho*: Podes crer!

Mariana: mesmo nojento.

Ana: Quando são carinhos mais banais não me mete confusão. Agora coisas a roçar mais o ordinário podiam deixar para fazer em sítios discretos.

Rosie: O verão deixa as hormonas aos pulos lol